Por CIPA
Em 24/08/2015
845 Views

11/08/2015 O Globo

Obras de infraestrutura, principalmente no setor de Transportes, e a instalação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) são os principais fatores que fazem da Zona Norte uma região valorizada. As construtoras, atentas a este cenário, desenvolvem projetos residenciais e comerciais cada vez mais modernos.

Segundo dados da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi), de 2008 ao primeiro semestre deste ano, a Zona Norte recebeu 31.187 novos imóveis, em 34 bairros.

Tijuca, Cachambi, Del Castilho, Vila da Penha e Méier lideraram o ranking nesse período. Juntos, os cinco bairros do Rio registraram quase a metade do total de lançamentos: 14.725.

“As empresas têm todo um cuidado no desenvolvimento dos projetos, levando em consideração itens como lazer e segurança. Os condomínios da Zona Norte, hoje, não deixam nada a desejar se comparados aos empreendimentos da Barra da Tijuca. Isso tudo com um valor de metro quadrado competitivo”, comenta Mario Amorim, diretor-geral da Brasil Brokers no Rio.

A Living, por exemplo, soma 3.317 unidades em bairros como Cachambi, Méier, Del Castilho, São Cristóvão e Andaraí. Já o Grupo Concal levou para a Tijuca mais de 480 unidades. Também na Tijuca, a Calçada lançou o Aquarela Carioca, condomínio-clube com 312 unidades.

“Em meio a uma dificuldade de encontrar grandes terrenos na proximidade da Tijuca, lançamos um empreendimento no coração da região, próximo de todos os serviços de que os moradores precisam”, diz João Paulo Matos, diretor-presidente da construtora Calçada.

Em Maria da Graça, a CTV prevê lançar em setembro residencial que será construído a 300 metros da estação do metrô. “Serão apenas 24 unidades e 15 opções de lazer, quase um item por unidade. Sem contar a facilidade de acesso a toda a cidade”, destaca Fellipe Pedro, diretor da Minha Comunicação, agência responsável pela campanha do empreendimento.

Cachambi passa por valorização

No Cachambi, o Grupo Avanço Aliados vai lançar este mês o Now Smart Residence. Serão 91 unidades, entre apartamentos e coberturas e todas contarão com varandas Trendy. O espaço tem sonorização ambiente interligada à televisão da sala, e living room e suíte master também com sonorização por meio de sistema controlado por SD Card, USB e Bluetooth.

“Os novos projetos levam em consideração as necessidades atuais de quem quer morar com conforto e lazer. O morador poderá ouvir a sua música nos ambientes da casa, até mesmo no banheiro da suíte, tudo com o nosso pacote de soluções tecnológicas, o Smart Tech”, diz Sanderson Fernandes, diretor do grupo.
A PDG levou para a região o Gran, com previsão de entrega para o 2º semestre de 2017.

Méier está em evidência
Outro bairro em evidência é o Méier. A Rubi Engenharia investiu no segmento comercial, atraída pela demanda por salas comerciais mais modernas com o Exatto Exclusive Offices, edifício de 41 unidades.

“O bairro é tradicional e muito valorizado. O terreno do Exatto fica na Rua Medina, bem próximo à Rua Dias da Cruz, local estratégico da região”, conta Ana Carolina Alvim, diretora da Rubi.

No que diz respeito aos residenciais, entre os exemplos estão o Up Méier Residencial Clube, que está sendo construído pela Leduca próximo ao Norte Shopping. E a Fernandes Araujo levará para o bairro o Vitta Tower Residence, com 126 unidades e lazer completo.

Cadastre-se no NOTICIPA

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias