A proliferação de condomínios cada vez maiores e mais complexos, com ampla oferta de instalações e serviços aos moradores, tem levado à profissionalização da chamada gestão integrada de facilities.

Com o intuito de melhorar os processos de administração e equilibrar a relação entre os custos operacionais e performance das instalações, os gestores de facilities vêm ganhando mercado. Bastante comum no âmbito industrial, o conceito também já faz parte de um número crescente de condomínios comerciais e residenciais.

O foco é realizar um gerenciamento integrado de toda a infraestrutura predial, com uma abordagem mais estratégica na gestão dos serviços de manutenção, limpeza, telecomunicações, segurança e paisagismo. Inclui também as atividades administrativas de suporte como recepção, expedição, copa e compras etc.

A postura de quem está à frente da gestão de facilities deve ser de antecipação e iniciativa, buscando a melhoria contínua dos processos, equipes e contratações. Devem ser definidos padrões de desempenho de modo a manter alto e aperfeiçoar o nível geral de serviço de que os condôminos dispõem.

Um ponto que ganha destaque é a gestão de fornecedores, com o uso de acordos formais sobre o nível de serviço e de uma avaliação mais apurada da integridade financeira e ética dos parceiros e prestadores de serviço.

No que se refere à gestão de pessoas, o profissional à frente do gerenciamento de facilities precisa exercer o papel de líder com convicção, contribuindo diretamente para o desenvolvimento pessoal e profissional das equipes.

O avanço da tecnologia tem facilitado o trabalho dos gestores de facilities com um amplo leque de ferramentas para planejamento e controle.  Um dos sistemas mais avançados é o do tipo  BAS – Building Automation System – que permite concentrar a administração dos diferentes ambientes de gestão.

Conhecer o perfil do condomínio é determinante para a administração das diferentes demandas e operacionalização dos serviços, considerando as  limitações do local e a funcionalidade e disponibilidade dos equipamentos de cada edificação.

Os planos de contingência são parte importante do planejamento, assim como a promoção constante de uma cultura de serviços ao cliente.

 

Leia Mais: A importância da convenção para o condomínio. Clique Aqui!

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias