Como implantar a coleta seletiva no seu condomínio

Por CIPA
Em 10/06/2015
857 Views

Muitos condomínios já aderiram ao processo de reciclagem, separando o lixo orgânico do reaproveitável. Essa é uma ação conjunta da comunidade em prol do meio ambiente. E se em seu condomínio ainda não há uma mobilização nesse sentido, quem sabe você pode semear essa idéia e ajudar a poupar muitas árvores?

A mecânica é simples: basta que cada morador separe dois tipos de lixo em casa: o seco e o orgânico. O orgânico é composto de restos de comida, frutas, legumes e verduras, de borra de café etc. O material a ser recolhido pela coleta seletiva é o lixo seco, ou seja, tudo que é reciclável:

a) Vidros: garrafas, frascos em geral,potes e copos;

b) papel/papelão: jornais, revistas,cadernos, folhas, papel laminado, sacos de papel, embalagens em geral, papelão;

c) metais: latas em geral, peças de alumínio, peças de cobre, fios, pequenas sucatas;

d) plástico: garrafas, frascos, brinquedos, sacolas, potes, tampas.

É importante lembrar que todos esses itens devem estar limpos para garantir a qualidade do produto.

A Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (Comlurb) desenvolve, desde 1993, um programa de coleta seletiva, inicialmente baseado na implantação de cooperativas de bairro, muitas das quais em operação até hoje. Num passo seguinte, foi implantada a coleta seletiva porta a porta na Zona Sul e em parte da Zona Norte da cidade. O dia da coleta seletiva de sua rua pode ser visto em www.rio.rj.gov.br/comlurb/.

A coleta seletiva porta a porta é realizada uma vez por semana, no mesmo horário e em dias alternados da coleta regular. O material a ser ofertado deve estar acondicionado em sacos transparentes para melhor identificação do que é potencialmente reciclável, evitando a mistura de lixo com matéria orgânica ou material não-reciclável.

O gerente de Coleta Seletiva da Diretoria de Serviços Sul, o engenheiro Elias Gouvêa, esclarece que o objetivo do programa da Comlurb é levar a população a se sensibilizar para a importância ambiental e social do projeto. Com isso ele aposta numa conseqüente mudança de hábitos no trato do lixo, o que gera impactos positivos na limpeza urbana de nossa cidade.

Sacos plásticos transparentes facilitam coleta seletiva

A utilização do saco plástico transparente facilita a visualização do material reciclável (vidro, papel/papelão, metal e plástico), tanto para os empregados dos condomínios quanto para os garis e os próprios catadores de rua, que não precisam mais rasgar os sacos de lixo domiciliar provocando sujeira.

As informações aqui listadas podem ser o ponto de partida para uma vida com mais consciência ambiental. Invista nessa atitude ecológica!

Passo-a-passo

•  Elabore um plano simples de ação;
•  Levante os custos para as novas lixeiras;
• Defina a estratégia de abordagem dos condôminos com palestras, comunicados e cartazes. Faça um trabalho de educação continuada, com o envio periódico de circulares com dicas de como separar o lixo;
•  Treine os funcionários com cuidado, mostrando como e o que deve ser feito;
•  Divulgue os resultados.

Fonte: CIPA News

Divulgue essas idéias aos moradores. Imprima o cartazete abaixo e coloque em local visível a todos em seu condomínio.

DOWNLOAD

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias