Por CIPA
Em 13/01/2016
907 Views

Certificação é concedida às melhores administradoras de condomínio do Rio de Janeiro.
O selo de qualidade Procondo foi lançado oficialmente pela Abadi e a CIPA já foi certificada.

Em todo o mundo, os consumidores estão cada vez mais exigentesno que diz respeito à qualidade, seja no atendimento, no produto ou no serviço prestado. A expectativa de melhorias na qualidade do que é oferecido tem aumentado a cada dia, e a consequência disso é que os clientes, mais conscientes do poder que têm, exigem muito mais na hora de fechar negócio.

No mercado imobiliário, há muito se falava sobre a necessidade de um selo que atestasse a qualidade dos serviços oferecidos pelas empresas do setor. Depois de muitos anos de reuniões, um grupo de empresários assumiu o desafio de desenvolver um código de conduta e procedimentos básicos para o setor de administração de condomínios.

Sob a liderança da Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis (Abadi), em agosto deste ano, foi lançado o Programa de Autorregulação da Atividade de Administração Condominial (Procondo),que visa identificar e regulamentar asadministradoras de condomínios aptasa exercerem a atividade de administraçãocondominial com qualidade, segurançae experiência necessárias paraatender às exigências de seus clientes,os condomínios.

Os principais objetivosdo programa são fomentar o desenvolvimentodo setor e garantir a qualidadee a excelência do serviço prestado pelas empresas certificadas, oferecendo mais segurança a síndicos e condôminos.

Durante o lançamento da certificação, a presidente da Abadi, DeborahO’Dena Mendonça, destacou a importância desse lançamento para o setor. “Hoje é um dia de muita importância para o mercado imobiliário, especialmente para o mercado das administradoras de condomínio. O Procondo é um divisor de águas entre uma maneira de administrar e uma maneira qualificada de administrar. Para chegarmos aqui, tivemosque aguardar o amadurecimento do setor, porque, antes, as empresas competiam, agora elas “coopetem”.

É um círculo virtuoso, e isso custou reuniões,encontros; a gente foi se conhecendo,vendo que tinha espaço para todo
mundo, que a gente poderia ter ganhos com essa troca; isso foi se fortificando de maneira que as empresas entenderam
e fizeram um movimento em favor do mercado.” Para Deborah, o programa propicia muitos ganhos tanto para o mercado quanto para os consumidores,valorizando a atividade condominial e aprimorando a qualidade do serviço.

“Com o Procondo, a Abadi promove um mercado mais saudável e, por consequência,beneficia o consumidor final, os
condomínios, que terão acesso a um serviço de excelência”, explica.

O Procondo está disponível para as empresas de administração de imóveis com mais de cinco anos de mercado.
Após aderirem ao programa, as empresas interessadas passarão pela auditoria dos principais itens que garantem
excelência na prestação do serviço.

As administradoras aprovadas vão receber o certificado que atesta a qualidade e o compromisso com o serviço prestado.A empresa escolhida para realizar esse processo foi a Bureau Veritas, líder mundial em certificações. Celso Galvão,consultor da Bureau Veritas, explica que não há diferença em auditar administradoras de condomínios.

“Não há segredo, é tudo bastante simples. Nós executamos uma lista de verificação criada pela Abadi. Nosso trabalho consiste em observar se as empresas estão adequadas àquela lista que aborda gestões financeira, administrativa, tributária,de contratos, de recursos humanos,de assuntos jurídicos e legislação.
O Procondo é um selo de qualidade e é muito importante para o mercado, pois a administradora tem uma relevância enorme para o condomínio e nem todos reconhecem isso. Eu sou um fã desse trabalho que está sendo desenvolvido pela Abadi”, diz.

Se a administradora for considerada apta, ela terá a certificação por três anos e, no final dessa vigência, passará por nova auditoria para a manutenção do certificado.

Entretanto, Deborah O’Dena Mendonça explica que, uma vez por ano, será necessária uma reciclagem. “A certificação
vale por três anos, mas as empresas que já estão certificadas terão que passar, anualmente, por um processo de revisão para ver se estão cumprindo e entregando aquilo que foi certificado.
Além de regulamentar e atestar que aquela empresa apresenta um bom serviço a seus clientes, o Procondo servirá como um norte às administradoras,que poderão organizar e padronizar seus processos em busca de excelência no atendimento.
As empresas têm a oportunidade de ver, nos critérios da Autorregulamentação,o que falta a seus clientes e recriar os
padrões de procedimento, tornando o serviço entregue ainda mais eficaz”, explica a presidente da Abadi.

No Brasil, há vários selos de qualidade que atestam produtos nos mais diferentes setores. Esses selos informam se produtos e serviços são bem conceituados dentro da categoria a que pertencem. Inspirado em modelos de sucesso de outros países,o processo de autorregulamentação já é uma realidade vitoriosa também no Brasil.
Implantada em outros segmentos, como na Associação Brasileira das Indústrias de Café (ABIC) e no Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar),a iniciativa tem como objetivo trazer benefícios e transparência ao segmento de administração de condomínios.

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias