Talvez muitos não saibam, mas as chuvas e os raios podem atingir os elevadores e causar grandes prejuízos. Pode haver queima de motores, componentes eletromecânicos ou eletrônicos nos quadros de comando e fiação em geral nessas situações. A oscilação de energia causada por uma grande tempestade já pode acarretar danos.

Importantíssimo que os para-raios estejam em dia com a manutenção para evitar problemas sérios nos equipamentos, bem como nas unidades dos moradores.

Já em relação a chuva de vento, todo cuidado é pouco. A água, pode entrar pelas janelas da casa de máquinas, atingir o equipamento e também o poço. Caso isso aconteça, é altamente recomendável que o elevador seja desligado e que o serviço de manutenção seja acionado imediatamente.

Algumas medidas podem ser tomadas caso ocorra essa situação:

  • se os poços forem inundados, enviar a cabina para o último pavimento;
  • desligar a chave geral;
  • comunicar imediatamente a empresa responsável pela conservação;
  • não ligar os elevadores até que haja a orientação do técnico.


Dicas de segurança

  • evite pular, balançar, forçar a abertura da porta ou apertar botões desnecessários: essas atitudes podem causar problemas ou deixar as pessoas presas nos equipamentos;
  • quando pessoas ficarem presas na cabina, é necessário entrar em contato com a empresa responsável pela manutenção, para que possa ser efetuado o resgate – somente profissionais qualificados podem fazer essa operação;
  • para quem estiver preso, o ideal é manter a calma e aguardar pelo socorro dentro da cabina. Nunca deve tentar sair sozinho;
  • é preciso efetuar a manutenção periódica e verificar se todos os itens de segurança (interfone, luz de emergência e alarme) estão em bom funcionamento;
  • é obrigatória a contratação de uma empresa habilitada pelos órgãos competentes para realizar a conservação dos equipamentos;
  • durante a manutenção, devem-se colocar placas de advertência nos andares;
  • a legislação proíbe que crianças menores de 10 anos viajem sozinhas no elevador, por não terem condições de agir em caso de acidente;
  • observar se há formação de degraus entre a cabina e o pavimento;
  • em caso de mudanças, é preciso conferir o limite de peso definido pelo fabricante.

Leia Mais: Instalações elétricas – a importância da manutenção preventiva. Clique Aqui!

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias