Os halls dos edifícios, em especial os da entrada social, são como o cartão de visitas do condomínio.  De forma geral, o projeto de decoração é definido no momento de implantação e mudanças devem ser sempre levadas para assembleia.

É recomendável buscar a orientação de um decorador para preparação de um projeto de bom gosto, mas neutro o bastante para não gerar polêmicas.

Além da estética, é importante ter em mente a funcionalidade do espaço, principalmente nos halls de serviços, que primordialmente devem oferecer facilidade e segurança na circulação de mudanças, compras, bicicletas, animais de estimação etc.

Nos halls sociais há mais espaço para ousar na decoração, usando iluminação por spots, lustres decorativos, quadros, esculturas, sofás e aparadores. Espelhos são sempre bem-vindos, principalmente próximo aos elevadores.

A facilidade para manter o local limpo e higenizado é um quesito essencial, prevalecendo a opção por pisos laváveis e de fácil manutenção como mármore, cerâmica, granito e porcelanato.  O mesmo deve ser pensado sobre a colocação de plantas, optando por espécies que não demandem tantos cuidados e resistam à falta de iluminação direta.

Questões de segurança devem ser prioridade nos projetos, como garantir total acesso a portas corta-fogo, escadas, extintores e hidrantes. Revisões nos projetos de decoração podem trazer oportunidades de otimizar recursos, como incluir no sistema de iluminação o uso de minuterias e sensores de presença.
Leia Mais: Iluminação automatizada é cada vez mais crescente nos condomínios. Clique aqui!

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias