Cuidar bem da água e usá-la com consciência é uma necessidade cada vez mais urgente, em virtude da escassez em diversas regiões do país. A crise já é uma realidade e é preciso o apoio de todos para tentar contornar a situação por meio do controle do uso deste bem natural.

Por isso, síndicos, funcionários e moradores de condomínio devem fazer a sua parte, usando a água com racionalidade. Algumas medidas emergenciais podem ser tomadas neste sentido, como campanhas internas de conscientização, que devem mobilizar a todos e impactar positivamente na redução do consumo, além da inspeção periódica de válvulas e torneiras para evitar a ocorrência de vazamentos, a troca da mangueira pelo regador durante a rega dos jardins, entre outras.

Além destas, outras medidas a médio e longo prazo podem ser implementadas com o mesmo objetivo. Entre elas, a instalação de hidrômetros individualizados, o reuso da água da chuva para limpeza de áreas comuns e rega dos jardins, a instalação de redutores de vazão em chuveiros e torneiras e a troca de vasos sanitários, já que as bacias e válvulas mais antigas despejam entre 12 a 24 litros de água. Todas estas iniciativas podem contribuir com a economia de água.

Uma boa dica é acompanhar o consumo mensal, afixando nos quadros de avisos algumas informações importantes como a quantidade de metros cúbicos de água gastos no mês. A conta de água pode representar, em média, de 10% a 15% das despesas ordinárias do condomínio. É um valor expressivo e, portanto, deve estar sempre na pauta do síndico. Com alguns investimentos, boa gestão e colaboração de todos  é possível enfrentar com mais tranquilidade esse período de extrema preocupação em todo o país.

 

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias