Por CIPA
Em 29/07/2020
39 Views

A CIPA convidou três síndicos para um bate-papo sobre suas experiências durante o isolamento social

 

No dia 2 de julho, três síndicos, mediados por representantes da Cipa, se reuniram em uma videochamada para trocar experiências e falar sobre as mudanças impostas pela pandemia e sobre como estão lidando com condôminos, funcionários, empresas parceiras e outros assuntos referentes à crise do novo coronavírus, além da retomada das atividades nas áreas comuns de seus respectivos condomínios. As dicas mais valiosas você confere a seguir. Lembramos que a situação das áreas comuns às quais eles se referem são do início de julho.

Pedro Cantisano

“Nesse período, fizemos manutenção nos equipamentos e nas paredes da academia. Também trocamos todos os dutos de exaustão e a serpentina. Temos uma academia nova, agora. Além disso, fizemos os cálculos, baseados no decreto da Prefeitura, para saber quantas pessoas poderiam usar a academia simultaneamente, e o número foi superior ao número de moradores que costumam usar a academia ao mesmo tempo, então, interditamos um equipamento a cada dois e deixamos o controle por conta dos professores. Nossa academia fica no subsolo e o acesso às salas se dá por um corredor, onde colocamos três barreiras de higienização com três tapetes cada uma. O primeiro tapete tira o pó, o segundo tem uma solução higienizadora e o terceiro seca os sapatos. Todas as salas contêm álcool
gel e, logo na entrada de cada uma, há um banner explicando todas as regras que garantem o uso dos espaços.

A piscina do clube foi aberta mas só pode ser utilizada com hora marcada. Dividimos essa piscina em três raias e cada raia só pode ser usada por uma pessoa ou, no máximo, duas que morem na mesma unidade. A piscina de lazer só será liberada na quarta fase mesmo.

As quadras de esportes foram liberadas para uso individual, mas já serão liberadas para uso em dupla. É importante lembrar que todos os espaços contam com banner informativo e álcool gel.

Outra ação interessante realizada no condomínio é a apresentação de músicos na praça principal para que os moradores possam ver de suas varandas. Não temos nenhuma despesa porque os músicos se apresentam e, geralmente, pedem cachê solidário, aí o morador que quer ajudar faz as doações on-line. Em duas dessas apresentações, conseguimos patrocínio de cervejarias e distribuímos cerca de 4 mil latas entre todas as unidades. Foram ótimas parcerias!

Para evitar a inadimplência, o valor da cota condominial foi reduzido em 10% no boleto de maio e em 15% nos boletos de junho e julho. Caso o morador que tenha parcelas atrasadas queira efetuar o pagamento, tiramos os juros e as correções das parcelas vencidas no período da pandemia, ou seja, aquelas de março a julho, até o presente momento. Também paramos de cobrar o fundo de reserva porque o saldo superava o limite definido na convenção.
Nesse período, a Cipa nos ajudou em várias questões legais e isso foi imprescindível.”

Vander Fernandes Botelho

“O Liberty Place é um residencial com serviços de arrumação, restaurante, academia, parque aquático com duas piscinas aquecidas, salão de festas, lavanderia, salão de beleza, espaço kids, sala de vídeo, sala de jogos, quadra polivalente voltada para tênis e saunas. Quando tivemos que fechar a academia, muitos moradores quiseram continuar se exercitando sozinhos ou com o personal, em suas unidades, então, liberamos alguns equipamentos como colchonetes e pesos, com a assinatura de um termo de responsabilidade. A academia só deve ser liberada na
segunda quinzena de julho, mesmo assim com apenas três usuários por vez e com álcool gel exposto, além de recomendações afixadas

Liberei a piscina para, no máximo, cinco pessoas por vez, e elas têm que ser moradoras, não podem trazer convidados – o controle é feito pelo piscineiro. Nas mesas, que já estão mais afastadas, só podem ficar pessoas da mesma unidade. Como temos muitos idosos no condomínio, achei melhor liberar as áreas externas primeiro.

A churrasqueira e o salão de festas não pretendo liberar tão cedo, embora a gente perca receita, já que os espaços são alugados. Sauna, sala de vídeo e brinquedoteca também estão fechados.

Havia uma pressão muito grande para abrir o salão de beleza, e abrimos, mas limitado ao uso de três clientes por vez e todos precisam seguir as recomendações, tanto os funcionários quanto os clientes.

Uma situação chata foi que tínhamos cerca de 120 unidades que faziam arrumação e limpeza semanalmente. Esse número caiu para 30. Hoje, temos apenas quatro funcionárias na arrumação, mas já pré-selecionamos algumas para recontratarmos assim que essa demanda aumentar.

Também disponibilizamos máscaras e álcool gel para os entregadores que não tinham e fizemos um trabalho de conscientização com moradores e os funcionários desses moradores que não seguiam as recomendações.

Nossos funcionários pulverizam pisos, garagens, lixeiras, maçanetas, serviço que foi incorporado aos
procedimentos de limpeza que já existiam. Por fim, realizamos a vacinação de 200 idosos contra a H1N1, em domicílio, por meio de uma parceria com médicos residentes e reservamos dois elevadores sociais só para uso dos idosos.”

Armando Smiths

“Na academia, reposicionamos todos os equipamentos com a distância estabelecida no decreto da Prefeitura. Os equipamentos de exercícios aeróbios ficaram perto das janelas e portas, por conta da ventilação. Por lá, disponibilizamos um totem com álcool gel. Para utilizar a academia, o morador precisa agendar horário por meio eletrônico e permanecer no espaço por, no máximo, uma hora. O professor recebe uma listagem diária com os nomes dos moradores que farão uso da academia e verificamos a temperatura deles para conceder o acesso ao espaço. Entre um usuário e outro uma funcionária entra e faz a higienização dos equipamentos.

Uma vez por semana, fazemos a sanitização das áreas comuns com hipoclorito e quaternário de amônia. As quadras já serão reabertas, mas o auditório e o salão de festas só reabrirão nas fases quatro e cinco, respectivamente. O importante é que o morador saiba que ele tem que obedecer às regras. Aqui obedecem ou recebem multas. As multas que aplicaremos (se for necessário) são as que já estão estipuladas no regimento interno para as violações de cada local, especificamente.

Para amenizar um pouco o estresse causado pela pandemia, também fizemos eventos musicais no condomínio, para que os moradores pudessem acompanhar de suas varandas, sempre com cachê solidário para o músico e sem custo para o condomínio.

Aqui, incentivamos a pontualidade no pagamento da cota condominial e oferecemos descontos de 15%, em maio, e  7%, em junho e julho, para quem pagasse em dia. A Cipa foi sensacional durante a pandemia, eu só tenho a agradecer e parabenizar a administradora pelo suporte que recebemos.”

 

 

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias