Blog Condomínio

Blog

Revista Condomínio Etc.

Jardim colorido

Soluções completas para seu condomínio

Mais cor, por favor!

O mundo está precisando de mais cor, de mais alegria. Muitas ações se fazem necessárias ainda para que a vida vá retomando o colorido que nos faz nos sentirmos vivos e partes integrantes do todo. 

Em meio ao isolamento social, a natureza evidenciou sua beleza, e passamos a vê-la com outros olhos. Talvez até com mais respeito e admiração. Na verdade, estamos todos precisando de um pouco mais de alegria neste momento conturbado pelo qual estamos passando. Uma pequena ação que faz muita diferença é um jardim colorido para dar mais ânimo ao dia a dia. 

Um jardim não necessariamente precisa de flores para ser colorido: a mãe natureza nos oferece uma gama de folhagens multicores que encantam qualquer espaço. Segundo Adriana Mattos, paisagista responsável pela Equipe Garden-Paisagismo, há diversos tipos de plantas nas quais podemos investir: “Folhagens que proporcionam contraste com o entorno, não somente com o jardim, mas com o ambiente ao redor como um todo: Pleomele variegata, Dracena baby, Leea rubra, Alpinia zerumbet, Ligustrum sinense, Cordyline terminalis, crótons de modo geral, pois são bem coloridos, alguns tipos de dracena; para sombra e meia sombra temos as diversas variedades de marantas e as peperômias para clarear e alegrar ambientes escuros.”.

Segundo Adriana, há plantas que florescem e resistem o ano todo e são excelentes opções para se ter num condomínio: “camarão amarelo (Pachystachys lutea), alpínea vermelha (Alpinea purpurata), maria-sem-vergonha (Impatiens walleriana), cambará-de-cheiro (Lantana camara) e as famosas ixoras, das quais todas as variedades existentes (mais de cinco) as campeãs em flores são as mini-ixoras (Ixora coccinea compacta) e as ixoras midi (Ixoras coccinea), estas normalmente utilizadas juntas, nas cores vermelha com amarela, proporcionando grande colorido ao canteiro.”.

Mas não basta gostar de tais plantas. É preciso levar outras coisas em consideração na hora de elaborar um projeto de paisagismo: “É necessário traçar o perfil do cliente, ao ponto de atender e entender exatamente o que ele espera do paisagista, para, depois, levar em conta questões técnicas como clima, correntes de vento, luminosidade incidente sobre o local e tipo de solo”, ressalta a especialista. 

A Equipe Garden-Paisagismo elabora projetos de paisagismo, realiza toda a execução dele e depois da “obra” concluída e entregue ao cliente presta, periodicamente, de acordo com o espaço, o serviço de manutenção. A especialista ressalta que um projeto desses deve ser mantido pelo paisagista: “Nada melhor do que ‘pai e mãe’ para cuidar de um filho, afinal de contas, os pais conhecem seus filhos como ninguém mais e só eles sabem, com detalhes, exatamente o que é melhor para os seus. Fazendo um breve comparativo, o mesmo ocorre com o jardim, pois, uma vez tendo sido gerado um projeto pelo paisagista, somente o próprio tem o profundo conhecimento e a capacidade técnica para acompanhar o crescimento, o desenvolvimento, a saúde e a vitalidade das espécies e iniciar, muita vezes, uma poda de formação para educar o crescimento da planta conforme a volumetria planejada dentro do projeto.”.

A recomendação de Adriana é que, uma vez constatada a preocupação de se ter investido em um projeto de paisagismo, o ideal e mais sensato é que o autor do projeto, após sua implantação, faça o acompanhamento necessário para que se tenha, no futuro, a qualidade e o resultado esperado, tanto no que diz respeito à saúde das espécies quanto ao design, à estética e à vida útil do jardim.

 Como harmonizar cores num jardim?

Com as dicas da paisagista da Equipe Garden-Paisagismo parece tudo muito fácil. Mas não se engane, certas coisas devemos deixar para quem realmente entende do negócio. “Eu costumo dizer que a harmonia das cores parte do princípio de qual sentimento ou sensação você deseja expressar: impacto, surpresa, euforia, alegria, aconchego, calma, paz… É necessário saber trabalhar as cores de acordo com o círculo cromático e estudar a composição e o efeito causado entre cores frias e cores quentes, entre cores complementares ou cores análogas.” 

Adriana vai além e explica: “Se eu quero um ambiente que me coloque para cima, que me transmita alto-astral, que me passe alegria, devo harmonizar as cores desse jardim preferencialmente equilibrando as cores complementares, em que o contraste é mais intenso: vermelho × verde; roxo × amarelo; azul × laranja. Porém, no caso de se querer transmitir o efeito inverso, como paz, calma e aconchego, devo utilizar as cores frias e as análogas, ou seja, um tipo de dégradê que quase não apresenta contraste: verde-claro × verde-escuro; laranja × amarelo × verde-claro; azul × violeta × roxo.”.

Se seu condomínio está precisando de um pouco mais de alegria, talvez seja a hora de investir num novo projeto paisagístico! 

 

Serviço: 

Equipe Garden-Paisagismo
(21) 99621-5916
www.equipegarden.com.br

Proteja seu condomínio e seus funcionários
Compartilhar:
Comentarios 0 Comentários

deixe seu comentário

posts relacionados

O projeto Reviver Centro e a revitalização do Rio

O projeto Reviver Centro e a revitalização do Rio

O projeto Reviver Centro, que pretende revitalizar o Centro do Rio, convertendo imóveis comerciais abandonados em empreendimentos residenciais, foi sancionado em 14 de julho pelo prefeito Eduardo Paes. A nova... Saiba mais!

Combos de inovação e soluções Cipa

Combos de inovação e soluções Cipa

A Cipa não para de trazer inovações e novas soluções para questões que envolvem os condomínios do Rio de Janeiro. A atuação da Cipa vai muito além de administrar... Saiba mais!

O cartão-postal dos condomínios

O cartão-postal dos condomínios

A piscina é a área de lazer mais cobiçada, por isso mesmo sua manutenção precisa estar em dia Espírito Santo, 22 de abril de 2021. Quem não se lembra... Saiba mais!

Você sabe a importância de um consultor numa obra?

Você sabe a importância de um consultor numa obra?

Até mesmo os síndicos mais experientes se veem em situação complicada quando necessitam iniciar uma obra de grande porte. Isso porque um síndico, que não é especialista em obras,... Saiba mais!

Cadastre-se em nossa newsletter e receba todas as novidades do Grupo Cipa em seu e-mail.

Close Bitnami banner
Bitnami