Blog Condomínio

Blog

Revista Condomínio Etc.

Miniapartamentos são tendências

Soluções completas para seu condomínio

Em janeiro deste ano, a Prefeitura do Rio simplificou a legislação urbanística do município. O Código de Obras e Edificações passou a ter 41 artigos, em substituição aos mais de 500 que existiam anteriormente.

Na prática, além de desburocratizar os licenciamentos, a mudança permite a construção de prédios com apartamentos de 25 metros quadrados de área mínima – exceto na Barra da Tijuca, no Recreio, nas Vargens Grande e Pequena e na Ilha do Governador. Pelas regras antigas, a área mínima útil dos apartamentos variava de 28 metros quadrados (Centro e zona norte) a 60 metros quadrados (zona sul). Os primeiros projetos com base no novo código devem ser lançados no segundo semestre.

Para o vice-presidente administrativo e financeiro do Sindicato de Habitação do Rio (Secovi), Ronaldo Coelho Netto, a mudança é positiva para o mercado, porque cria um produto para atender a um grupo amplo de clientes: estudantes que dividem apartamento ou alugam quartos, pessoas que moram sozinhas e casais que passam o dia inteiro fora. Entretanto, destaca ele, é preciso que o bairro ofereça infraestrutura: “Há muita gente querendo Miniapartamentos são tendência sair de casa, mas, hoje, o que o mercado imobiliário oferece é muito caro. As novas regras vão criar alternativas. Contudo, para que os imóveis sejam ocupados, é preciso construí-los em áreas com transporte, hospital, escola pública.”.

A experiência de São Paulo mostra que os apartamentos pequenos são uma alternativa para as pessoas que moram longe do trabalho e enfrentam longas horas de trânsito. Os imóveis servem de morada temporária, de segunda a sexta, e os trabalhadores retornam para o convívio da família no fim de semana.

O Rio também tem demanda para o formato, tanto por causa das pessoas que moram nas áreas mais afastadas da Região Metropolitana quanto pelo contingente que mora sozinho.

Bem estar e segurança
Compartilhar:
Comentarios 0 Comentários

deixe seu comentário

posts relacionados

Assembleias condominiais em 2021

Assembleias condominiais em 2021

Autor: Gabriel Saad, advogado   A Lei no 14.010, promulgada em junho de 2020, que dispõe sobre o Regime Jurídico Emergencial e Transitório das relações jurídicas de direito privado... Saiba mais!

Contas mais baixas e economia de água

Contas mais baixas e economia de água

Dez anos depois da lei dos hidrômetros individuais, quem optou garante que valeu a pena Contas de água altas, desperdício, reclamação de moradores dizendo que gastam pouco e pagam... Saiba mais!

Problemas na rede elétrica são uma das maiores causas de incêndio

Problemas na rede elétrica são uma das maiores causas de incêndio

A melhor tecnologia para detectar defeito numa instalação é o conhecimento técnico Quanto um condomínio se preocupa com a segurança? Com a violência que assola o Rio de Janeiro,... Saiba mais!

Vazamentos podem ter soluções rápidas e seguras

Vazamentos podem ter soluções rápidas e seguras

Uma investigação detalhada pode levar a diagnóstico preciso e econômico Quando aquela mancha aparece no teto, já pensamos logo na dor de cabeça que um vazamento pode causar. Durante... Saiba mais!

Cadastre-se em nossa newsletter e receba todas as novidades do Grupo Cipa em seu e-mail.

Close Bitnami banner
Bitnami