Blog Condomínio

Blog

Panorama

Passaporte da vacina

Banner Revista

O tão comentado “passaporte da vacina” tem a iniciativa de estimular a imunização contra a Covid-19 de parte da população que ainda não buscou os postos de vacinação.

O decreto publicado pela Prefeitura do Rio de Janeiro sob o , de 26 de agosto de 2021, dispõe como medida sanitária de caráter excepcional a obrigatoriedade de comprovação da vacinação contra a Covid-19 para o acesso e a permanência em estabelecimentos e locais de uso coletivo.

Um levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM) mostra que quatro em cada dez cidades brasileiras apresentam dificuldades em completar o esquema vacinal da população pelo não comparecimento na data definida aos postos de saúde para a aplicação da segunda dose. A pesquisa ouviu 1,7 mil prefeitos e foi publicada no dia 27 de setembro.

Segundo estimativas do Ministério da Saúde, mais de 8,5 milhões de brasileiros deixaram de tomar a segunda dose contra a Covid-19. Entre os estados com o maior número de faltosos estão São Paulo, com 1,69 milhão; Rio de Janeiro, com 1,06 milhão; e Minas Gerais, com 1,02 milhão.

Na cidade do Rio de Janeiro, o decreto publicado estabelece a obrigatoriedade da vacinação contra a Covid-19 para acesso a diversos estabelecimentos e serviços. A medida entraria em vigor inicialmente a partir do dia 1o de setembro, mas foi adiada para o dia 15 do mesmo mês pela Prefeitura. O comprovante será necessário para acessar locais de uso coletivo, incluindo academias; estádios e ginásios esportivos; cinemas; teatros; museus; galerias e exposições de arte, além de convenções e conferências.

De acordo com a Prefeitura, a vacinação também será obrigatória para a realização de cirurgias eletivas nas redes pública e privada e a inclusão e manutenção no Programa Cartão Família Carioca.

A comprovação poderá ser feita pela certificação digital da plataforma ConecteSUS ou com a apresentação do comprovante ou da caderneta de vacinação físicos. Segundo a Prefeitura, a quantidade de doses registradas exigida deverá estar de acordo com o calendário vacinal da capital fluminense.

 

Passaporte nos condomínios

O decreto não menciona expressamente os condomínios, mas entende-se que a utilização de áreas comuns de uso coletivo, como quadras, piscinas, salas de ginástica/academias etc., pode ter seu uso restrito aos condôminos vacinados.

O tema é novo, em decorrência do avanço da vacinação, e polêmico, pois há os que negam a eficácia da vacina, na
medida em que acham que ela é mais nociva que benéfica à saúde. O entendimento que vem prevalecendo nos debates jurídicos é o da preponderância do direito fundamental à saúde, do interesse da coletividade em detrimento ao interesse individual.

Assim, para a condução dessa questão, como outras vinculadas à pandemia, recomenda-se ponderação, ou seja, que o síndico adote uma postura de aproximação com os condôminos, com a propositura de medidas pedagógicas, como distribuição de informativos, promoção de campanhas de prevenção da Covid-19 no ambiente condominial, conscientização da importância da imunização, e até mesmo ratifique as regras do decreto em assembleia geral, para o caso de aplicação da medida extrema, consubstanciada na proibição do uso das referidas partes comuns.

Banner Revista
Compartilhar:
Comentarios 0 Comentários

deixe seu comentário

posts relacionados

2022 chega com promessa de grandes conquistas

2022 chega com promessa de grandes conquistas

No ano de 2021, vivemos muitos desafios e ainda tivemos que nos adaptar, passando por momentos de dificuldade, sofrimento e renovação. Mas evoluímos e, agora, temos a satisfação de... Saiba mais!

IPTU do Rio: contribuinte pode parcelar dívida com a Prefeitura em até 84 vezes

IPTU do Rio: contribuinte pode parcelar dívida com a Prefeitura em até 84 vezes

Débito não pode estar inscrito na Dívida Ativa. Parcelamento também pode ser feito pela internet em até 24 vezes Moradores do Rio de Janeiro podem parcelar débitos vencidos de... Saiba mais!

As vantagens da reciclagem de óleo para seu condomínio

As vantagens da reciclagem de óleo para seu condomínio

Além ajudar o meio ambiente, o condomínio recebe material de limpeza em troca do óleo usado O óleo de cozinha é um dos principais vilões dos encanamentos dos condomínios,... Saiba mais!

Uso de máscaras em ambientes fechados, como academias, gera polêmica

Uso de máscaras em ambientes fechados, como academias, gera polêmica

O Rio de Janeiro voltou atrás e suspendeu a liberação de máscaras em academias. O decreto do prefeito Eduardo Paes, em que desobriga o uso de máscara em academias... Saiba mais!

Cadastre-se em nossa newsletter e receba todas as novidades do Grupo Cipa em seu e-mail.

Close Bitnami banner
Bitnami