Por CIPA
Em 08/11/2016
918 Views

O anúncio de que o Rio sediaria a Olimpíada de 2016 fez com que a cidade ficasse ainda mais visada para investimentos públicos e privados em mobilidade urbana, construção civil e empreendimentos. A capital fluminense precisou aprimorar a infraestrutura nos últimos sete anos para receber milhares de turistas para o maior evento esportivo do mundo. Após o sucesso dos Jogos, o maior legado no setor imobiliário ficou na Barra da Tijuca, nas imediações do parque olímpico, vila olímpica e outros locais de competições.

Mais de dois meses depois do encerramento da Olimpíada, a vila dos atletas, projeto que engloba 31 prédios e mais de 3 mil apartamentos, vai virar um dos maiores empreendimentos imobiliários já lançados.

Outro fator relevante é o legado da estrutura do parque olímpico. Arenas serão transformadas em escolas, locais para a prática esportiva e espaços para shows, gerando ainda mais valorização para a região. O Rio foi a capital brasileira com maior valorização de imóveis nos últimos anos. Além da Olimpíada, a Copa de 2014 também ajudou a dar um novo fôlego ao setor imobiliário. No centro, uma das regiões com mais melhorias nos últimos anos, o metro quadrado está 220% mais caro. No Leblon, o aumento é de 177%. E na Barra é de quase 140%.

Fonte: O Dia

Cadastre-se no NOTICIPA

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias