Por CIPA
Em 13/03/2017
792 Views
Mudanças na cobrança do IPTU, o aumento do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e da Taxa de Coleta de Lixo estão entre as primeiras mensagens que o prefeito Marcelo Crivella (PRB) vai mandar para a Câmara de Vereadores.
.
A cidade tem hoje cerca de dois milhões de imóveis cadastrados, numa planta de valores que data da década de 90. Destes, apenas 35% são tributados.
.
A atualização dos valores venais dos imóveis da Zona Sul – que não têm correção há 25 anos – levará a aumentos que podem chegar a até 10% no imposto.
.
Além disso, hoje, em parte das zonas Norte e Oeste são isentos os imóveis com menos de cem metros quadrados. O tamanho não será mais documento – e sim o valor de mercado.
.
Segundo estudo da prefeitura, existem hoje pequenas residências de classe média nestas regiões, avaliadas entre R$ 400 mil e R$ 500 mil, que não pagam IPTU. Os donos desses imóveis passarão a recolher o imposto.
.
Transmissão
.
No pacote, Crivella também vai enviar um projeto que aumenta o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) de 2% para 3% do valor da negociação.
.
Por outro lado…
.
Nas mensagens que enviará à Câmara de Vereadores, o prefeito Marcelo Crivella (PRB) também vai sepultar o programa Atualiza, instituído na gestão Eduardo Paes (PMDB).
.
O programa, também de revisão e atualização do IPTU, passou a cobrar o tributo de imóveis que eram isentos, sobretudo na Zona Norte e na Zona Oeste.
.
Acontece que a turma de Paes resolveu cobrar valores retroativos – pelos últimos cinco anos.
.
Para integrantes da atual administração, o programa dos antecessores tem erros e cobranças abusivas.

.

As novas regras vão substituir o Atualiza.
 .
Fonte – Extra, Berenice Seara

Cadastre-se no NOTICIPA

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias