Blog Condomínio

Blog

Panorama

Passaporte da vacina

Soluções completas para seu condomínio

Desde o dia 1o de setembro é preciso comprovar ter se vacinado contra a Covid-19 para frequentar estabelecimentos e locais de uso coletivo na cidade do Rio. O “passaporte da vacina” entrou em vigor depois de o Tribunal de Justiça do Rio negar um pedido de liminar que pedia a suspensão do decreto da Prefeitura do Rio. O público deverá apresentar um dos comprovantes para acessar espaços como cinemas, teatros e academias e permanecer neles.

A vacinação a ser comprovada corresponderá à primeira dose, segunda dose ou dose única, variando de acordo com a idade da pessoa e a respectiva data de imunização estipulada no cronograma da cidade. Confira as regras e os documentos válidos do “passaporte da vacina”.

Os locais que passarão a exigir o comprovante de vacinação a partir de 1o de setembro são:

  • academias de ginástica, piscinas, centros de treinamento e de condicionamento físico e clubes sociais;
  • vilas olímpicas, estádios e ginásios esportivos;
  • cinemas, teatros, salas de concerto, salões de jogos, circos, recreação infantil e pistas de patinação;
  • atividades de entretenimento, exceto quando expressamente vedadas;
  • locais de visitação turística, museus, galerias e exposições de arte, aquário, parques de diversão, parques temáticos, parques aquáticos, apresentações e drive-in;
  • conferências, convenções e feiras comerciais.

Quem perdeu a data da segunda dose não poderá entrar nesses estabelecimentos mesmo que tenha tomado a primeira dose.

A Prefeitura disponibilizou um calendário a ser usado pelos gestores desses locais desde 1o de setembro. Ele conterá as datas da primeira e segunda doses conforme a idade do visitante do local. Se a pessoa estiver com alguma delas atrasada (de acordo com o prazo estabelecido pelo fabricante da vacina), ela não poderá entrar no estabelecimento.

Documentos a serem apresentados

  • Documento de identidade com foto.
  • Certificado de vacinas digital, disponível na plataforma do Sistema Único de Saúde Conecte SUS.
  • Comprovante, caderneta ou cartão de vacinação no formato impresso em papel timbrado emitido no momento da vacinação em um dos postos de saúde.

Como o prefeito Eduardo Paes explicou durante a coletiva do 34o boletim epidemiológico, o município conta com a cooperação dos estabelecimentos para a fiscalização e a adoção das medidas. De acordo com o decreto, os responsáveis pelos espaços inclusos na nova lista devem:

  • controlar a entrada de cada indivíduo em suas dependências mediante a apresentação de comprovante vacinal juntamente com documento de identidade com foto;
  • evitar aglomerações no acesso a suas dependências;
  • continuar a seguir as regras previstas nas medidas de restrição em vigor no momento, de acordo com o tipo
    de estabelecimento, como distanciamento social e capacidade de ocupação.

Outros dois decretos publicados em 17/9/2021 estabelecem a mesma obrigatoriedade. O morador do Rio deverá estar com a vacinação contra a Covid-19 em dia para realizar cirurgias eletivas não emergenciais e receber o auxílio financeiro por meio do Cartão Família Carioca.

Comprovação de vacina nos condomínios

O decreto da Prefeitura do Rio no 49.335, de 26 de agosto de 2021, determina a obrigatoriedade da comprovação da vacinação contra a Covid-19 para acesso e permanência no interior de estabelecimentos e locais de uso coletivo.

Apesar de o referido decreto não citar os condomínios propriamente, a Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis (Abadi) recomenda que os condôminos circulem nas áreas comuns – como academias, piscinas, salões de festas e quadras de esporte – com seus comprovantes de vacinação, uma vez que o condomínio poderá ser fiscalizado e até multado conforme a interpretação do poder público.

Os síndicos devem orientar os moradores quanto ao cumprimento dessa recomendação, evitando desdobramentos e questionamentos jurídicos.

Uma alternativa ao comprovante da vacinação em papel é baixar em seu telefone o app Conecte SUS, por meio do qual se pode comprovar a vacinação.

Bem estar e segurança
Compartilhar:
Comentarios 0 Comentários

deixe seu comentário

posts relacionados

Inspeção periódica de gás é lei

Inspeção periódica de gás é lei

A inspeção periódica de gás agora é lei. É importante que síndicos e moradores saibam que a Naturgy não faz esse tipo de trabalho, mas há empresas devidamente credenciadas... Saiba mais!

Copa do Mundo no condomínio

Copa do Mundo no condomínio

A Copa do Mundo é sempre um momento de alegria para os brasileiros, mas é importante garantir a segurança, tranquilidade e harmonia dentro dos condomínios. Essa tarefa deve partir... Saiba mais!

Dengue preocupa o Rio

Dengue preocupa o Rio

Com o verão batendo à porta, o Rio de Janeiro já registra aumento dos casos de dengue. A estação mais quente e chuvosa do ano por si só já... Saiba mais!

Criptomoedas podem pagar IPTU

Criptomoedas podem pagar IPTU

Empresas especializadas em operações com criptomoedas vão poder se cadastrar no município para oferecer a seus clientes a possibilidade de pagar o IPTU 2023 com moeda digital. Com a... Saiba mais!

Cadastre-se em nossa newsletter e receba todas as novidades do Grupo Cipa em seu e-mail.

Close Bitnami banner
Bitnami