Por CIPA
Em 20/08/2018
196 Views

Morador pode criar um espaço funcional, mas que também seja confortável

Cada vez mais, os moradores têm separado um cantinho para montar o escritório dentro de casa. Isso porque muitas pessoas estão trocando o ambiente formal de trabalho por um espaço no próprio lar. Mas não pense que o ambiente precisa ser burocrático e informal. O morador pode criar um espaço funcional, mas que também seja confortável. Para isso, especialistas separaram dicas para ajudar o morador na hora de organizar o cômodo.

O primeiro ponto a ser pensado deve ser na procura de um ambiente da casa que não seja barulhento e também só direcionado para as atividades. Como o morador vai trabalhar dentro de casa, é recomendado separar o espaço do serviço dos outros cômodos da casa, para ele criar uma rotina e saber desligar depois dos afazares. “A decisão pelo tamanho do espaço vai depender da profissão de cada um e do que necessita para trabalhar”, explica a arquiteta Nicole Finkel.

Passada a decisão da escolha do espaço, o morador precisa pensar nos móveis que colocará dentro do cômodo e na iluminação. “É preciso adaptar o escritório com uma boa luminosidade. Por isso, é preciso ficar atento na quantidade de tomadas e instalações que irá precisar para o local de trabalho”, orienta a arquiteta Ana Paula Briza, do escritório Triarq Studio Arquitetura.

Se o escritório tiver um espaço para estantes, o morador também deve ficar atento para a organização desse móvel. Para isso, especialistas dão opções para arrumar os livros e objetos. Entre elas, separar os livros por tamanho para facilitar a escolha no momento da arrumação, podendo colocar alguns livros na horizontal e vertical, e também organizar por temas, como viagem, arte e culinária. Além disso, para o móvel, é interessante o morador escolher uma bancada com rodinhas, pois pode reorganizar o espaço rapidamente.

“É legal deixar em destaque livros importantes com capas lindas para deixar a composição mais interessante. Gostamos sempre de mesclar a organização de livros com objetos de decoração, como porta retratos, plantas e pequenos quadros”, explica a arquiteta Ana Paula.

Para as cores do ambiente, o ideal é por tons claros e iluminados. Caso o ambiente esteja inserido dentro de uma sala, por exemplo, com cores diferentes das citadas é recomendado repetir os mesmo materiais, para criar uma unidade. Neste caso, os moradores podem investir em soluções de marcenaria para que a bagunça de trabalho não interfira no visual. Porém, se for um espaço novinho dê preferência para tons claros, porque podem ajudar na concentração do trabalho.

Por fim, as especialistas sugerem que os moradores invistam em equipamentos sem fio, para não criar uma desordem visual, e opte por uma cadeira confortável e que não tenha cara de escritório, já que mesmo que o trabalho seja dentro de casa a decoração precisa ornar com o restante da casa. Há várias opções no mercado desse modelo.

Fonte: O Dia

Cadastre-se no NOTICIPA

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias