Por CIPA
Em 15/09/2015
872 Views

03/09/2015 O Estado de São Paulo

O presidente do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), Cláudio Bernardes, acredita que a tendência de envelhecimento da população mundial, incluindo a do Brasil, vai mudar a orientação dos projetos imobiliários e trazer mudanças na indústria de construção civil, incluindo a construção dos futuros shoppings.

Em 1950, havia cerca de 200 milhões de pessoas no mundo com mais de 60 anos. Nos anos 2000, esse número cresceu para 610 milhões. “Em 2015, a projeção indica que vamos ter 228% a mais”, afirmou Bernardes. “Todo esse contingente de pessoas mais velhas vai fazer di-erença na indústria da construção civil”, reforçou

Está claro que, conforme as pessoas envelhecem, mudam suas necessidades de compras, comentou o presidente do Secovi. “Com muita gente com mais de 60 anos, os produtos vão ter de ser diferentes.”

Segundo ele, se dará muita atenção a isso. “São pessoas que têm mais tempo para o lazer e também para fazer compras”, afirmou.

Diversos aspectos terão de ser adaptados. “Teremos um contingente enorme de pessoas de idade frequentando shopping”, disse. “As caracteísticas físicas da edificação terão que ser diferentes.”

As questões de mobilidade e de saúde, segundo ele, serão as principais. “Será preciso considerar melhor infraestrutura para pessoas com dificuldade de se movimentar”, disse. “Além de ter nas lojas espaço e piso adequados.”

De acordo com os dados apresentados, o Brasil está dentro da média dos números do envelhecimento da população no mundo todo. Haverá necessidade de estruturar os espaços físicos para que elas possam frequentar o shopping em número muito maior do que acontece hoje.

Cadastre-se no NOTICIPA

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias