Por CIPA
Em 27/03/2017
848 Views

Cada vez mais, a preocupação com uma utilização planejada e inteligente dos recursos naturais se impõe como um fator que demonstra, acima de tudo, a seriedade de uma empresa para seus clientes. O sustentável também pode representar economia e valorização, principalmente em se tratando de imóveis, onde quem investe economiza com despesas e ainda pode contar com o bem até 15% mais valorizado se comparado a unidades similares. A preservação do meio ambiente também se apresenta cada vez mais de forma variada, indo além da utilização inteligente de água e energia, apresentando novas opções, como a oferta de itens para uso compartilhado, o que já é uma realidade.

Alternativa limpa – Sustentabilidade também é uma opção construída com decisões. Em se tratando de habitação, o gás natural se tornou uma alternativa sustentável para os empreendimentos que buscam diversificar sua matriz energética. A cogeração é um processo que permite a produção simultânea de energia elétrica e térmica a partir do gás. Uma das soluções oferecidas na região pela Gás Natural Serviços – uma empresa do mesmo grupo operador da CEG. Para instalação nos empreendimentos, é feito um estudo de toda a geração de energia do condomínio seguido de uma análise e a apresentação de proposta.

anuncio-geral

Parece pouco, mas ao optar pelo gás natural, uma residência passa utilizar uma energia limpa, que não produz resíduos tóxicos. O gás natural libera somente vapor d’água e gás carbônico (os mesmos elementos liberados pela natureza) e por isso atende  às conformidades ISO 14000, normas que garantem a gestão ambiental. Em comparação às outras energias, o gás natural produz muito menos dióxido de carbono (CO2), o que contribui para a diminuição do efeito estufa.

Menos é mais – O consumo colaborativo é um conceito simples. Consiste em maximizar a utilidade do que não estão sendo plenamente explorado por seus donos. Por isso, com menos consumo e foco na utilização, ocasiona menor impacto nos recursos naturais, tornando-se um estilo que contribui para a sustentabilidade.

Novidade por aqui, mas  já um dos conceitos mais difundidos no estilo de morar da Europa e Estados Unidos, o compartilhamento, como o próprio nome já diz, significa disponibilizar itens para o uso de todos. Em se tratando de condomínios, nesta proposta podem ser incluídos itens como ferramentas, bicicletas, carros e até mesmo os imóveis.

Agregando valor – E não se trata apenas de preservar o meio ambiente. Pesquisas mostram que nos empreendimentos sustentáveis incide uma valorização 15% maior no mercado.  Atuar com essa premissa, que hoje é opcional, vai se tornar obrigatório, podendo inclusive se tornar um problema para empresas que se recusarem a se adaptar.

 

Fonte – O Fluminense

Cadastre-se no NOTICIPA

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias