Blog Condomínio

Blog

Blog

Condomínio amigo dos animais: o que é este selo e como funciona?

Soluções completas para seu condomínio

Um Condomínio Amigo dos Animais oferece bem mais que comodidade aos pets que  residem ali. Na cidade do Rio de Janeiro, este é um selo que identifica empreendimentos que ajudam os chamados animais comunitários, aqueles que não têm um dono, mas que são cuidados pelas pessoas do bairro ou edifício em que vivem. O Rio foi pioneiro nesta iniciativa, que vem sendo adotada por outras cidades do Brasil, a exemplo de Curitiba (PR).

Mas como o assunto pets em condomínios sempre gera alguma polêmica, o selo Condomínio Amigo dos Animais também deixa muita gente com dúvidas. E é para respondê-las que elaboramos este artigo. Leia e entenda em detalhes.

Entenda o que é o Selo Condomínio Amigo dos Animais

Esta é uma iniciativa da prefeitura da cidade do Rio de Janeiro que, em 2022, promulgou a Lei N° 7.596/2022, a qual institui o Selo Condomínio Amigo dos Animais. Ele é concedido pelo Poder Executivo a edifícios que prestam auxílio a animais abandonados que fiquem nas dependências do empreendimento. Aqui, são englobados cuidados como “auxílio alimentar, permitir o abrigamento, identificar, higienizar e garantir a saúde animal”.

O objetivo da lei é incentivar a prestação de assistência básica a animais comunitários que estejam em situação de abandono. O selo Condomínio Amigo dos Animais tem validade de um ano e pode ser renovado caso seja provado que as ações instituídas continuam valendo no empreendimento.

Confira as 4 principais dúvidas sobre o assunto

1. Existe alguma contrapartida concedida a um Condomínio Amigo dos Animais?

A princípio, não. E este é um ponto delicado na visão dos especialistas, os quais concordam que deveria haver algum tipo de benefício, além do selo, para os empreendimentos que aderirem ao programa.

2. O condomínio pode adotar animais abandonados?

Em alguns locais, já existe a prática de alimentar e cuidar de animais que, eventualmente, passam a frequentar as áreas comuns do condomínio. Entretanto, isso deve ser debatido e aprovado em assembleia que, nos casos citados, serve apenas para ratificar uma ação conhecida. Todavia, nem o síndico, nem um morador, podem instituir a prática sem consentimento dos demais.

3. E se um condômino abrigar e alimentar um animal em áreas comuns?

Este é um tópico que gera bastante discussão. Via de regra, a prática é proibida, uma vez que o morador em questão está instituindo uma obrigação ao condomínio e aos outros ocupantes. O correto, nesta circunstância, é que o animal seja adotado e passe a viver na unidade do tutor ou, então, que seja mantido em área pública. Afinal, o pet pode causar prejuízos coletivos, como a disseminação de zoonoses aos outros animais do prédio.

Confira no blog: Pode alugar o imóvel por diária em aplicativos? Confira tudo sobre o assunto

4. Tenho interesse em adotar um animal comunitário no meu condomínio. Como devo proceder?

O primeiro passo é aprovar a permanência do animal nas áreas comuns em assembleia. Feito isso, o animal deve consultar um veterinário para garantir que não esteja doente e que ofereça risco aos demais moradores e pets. Além disso, ter um espaço onde possa se abrigar, ser devidamente alimentado e hidratado, bem como manter em dia as consultas de rotina. Ou seja, é preciso garantir o bem-estar e a saúde do animalzinho comunitário.

O selo Condomínio Amigo dos Animais é mais uma das iniciativas do projeto Rio Amigo dos Animais, o qual também concede certificações a empresas, bares ou restaurantes, organizações não governamentais que comprovem ações de auxílio a animais abandonados.

Agora que você já sabe como deve ser a adoção de animais comunitários em condomínios, saiba mais sobre as regras que se aplicam aos pets domésticos. No artigo “O que diz a lei sobre a presença de pets em condomínios?”, respondemos às principais dúvidas. Boa leitura!

Banner Revista
Compartilhar:
Comentarios 0 Comentários

deixe seu comentário

posts relacionados

Erros comuns a evitar ao comprar um imóvel

Erros comuns a evitar ao comprar um imóvel

Está pensando em comprar um imóvel? Leia este artigo e conheça alguns erros que você precisa evitar para ter um negócio tranquilo!

5 dicas para ajudar a valorizar o seu imóvel

5 dicas para ajudar a valorizar o seu imóvel

Se você tem uma casa ou apartamento e está pensando em vender, este artigo trará dicas importantes de como valorizar o seu imóvel e garantir um bom negócio!

Casa ou apartamento para alugar: como decidir o que é melhor para você

Casa ou apartamento para alugar: como decidir o que é melhor para você

Na dúvida sobre alugar casa ou apartamento? Este artigo ajudará a definir a melhor opção para você e sua família. Leia na íntegra!

Montar home office: 4 dicas para organizar ou decorar seu local de trabalho

Montar home office: 4 dicas para organizar ou decorar seu local de trabalho

Chega de improviso! Leia no artigo quatro dicas que vão ajudá-lo a montar home office e ser mais produtivo no trabalho!

Cadastre-se em nossa newsletter e receba todas as novidades do Grupo Cipa em seu e-mail.

Close Bitnami banner
Bitnami