Blog Condomínio

Blog

Revista Condomínio Etc.

Férias escolares × organização no condomínio

Banner Revista

Planejamento é a palavra-chave para evitar transtornos nas áreas de lazer

As tão esperadas férias chegaram. Para os pequenos moradores dos condomínios, estar longe dos bancos das escolas durante o verão é sinônimo de aproveitar, se divertir, sem preocupação com provas, estudos e horários definidos. As piscinas dos edifícios e bairros fechados costumam ficar cheias nesse período, independentemente do dia da semana, assim como os parquinhos e as demais áreas de lazer. Para os síndicos, é momento de atenção redobrada. Como as instalações são muito utilizadas durante o período das férias escolares, quando chega essa época, já devem ter passado por vistoria e manutenção e ter os reparos feitos. 

Síndico no Condomínio Le Parc, na zona oeste, há oito anos, Pedro Cantisano garante que a receita para uma boa administração está em não limitar o cuidado e a atenção aos meses de verão. Com 766 apartamentos e cerca de 2.500 moradores, o condomínio conta com minigolfe, quadras de esportes, salões de jogos, brinquedoteca, piscinas e cinco parquinhos. Crianças e adolescentes não faltam nas dependências do bairro planejado. “São muitas crianças lá dentro. Tem dias que tem até engarrafamento de carrinhos de bebê. Com essa estrutura, o planejamento é feito o ano inteiro. Não podemos ficar com um esquema especial só no verão. Temos um trabalho permanente”, conta Cantisano.

Durante as férias, as piscinas continuam fechando uma vez por semana, em esquema de revezamento. A diferença é que há um horário de uso estendido, com cerca de cinco horas a mais, e os parquinhos passam por vistorias periódicas. Mesmo assim, o síndico se preocupa com a grande circulação de pessoas, já que os moradores costumam trazer muitos convidados no período. Por isso, há um controle maior da segurança e os guardiões das piscinas têm que ficar mais ligados. 

O bom relacionamento com moradores e funcionários também ajuda no funcionamento do condomínio. “Como já estou lá há oito anos e tenho uma equipe de funcionários muito boa, nosso relacionamento com as crianças é ótimo. Eles têm um jeito especial de lidar com elas. Já conhecemos os mais afoitos, os mais distraídos… Acredito que, por isso, não temos problemas. Quando acontece alguma coisa errada, são casos muito isolados”, diz. 

Cantisano tem razão. Os síndicos precisam mesmo prestar atenção à manutenção e estar sempre cuidando das áreas de lazer de edifícios e condomínios. Segundo a advogada Camila dos Santos, especializada em direito civil e direito do consumidor, cabe a ele manter a conservação e a guarda das partes comuns. Ou seja, se houver algum acidente causado por negligência na conservação, o síndico será responsabilizado se a pessoa acidentada quiser levar a questão à Justiça.

Camila, porém, deixa claro que a obrigação de cuidar da criança é inteiramente dos pais. O condomínio só deve se responsabilizar se ocorrer algum acidente no espaço comum e, mesmo assim, se for comprovado que não houve manutenção no local. Nessa situação, a ação será contra o condomínio, mas este pode entrar com uma ação contra o síndico. “Toda manutenção do espaço deve ser observada de acordo com as normas técnicas de cada brinquedo. O síndico é responsável pela averiguação da conservação dos brinquedos, visando à segurança das crianças, e só será responsabilizado caso ocorra negligência”, explica.

Eliomar Borges, diretor da MK Play Brasil, empresa responsável pela venda de brinquedos, instalação e manutenção de parquinhos, defende que vistorias e trocas de peças devem ser permanentes. O próprio porteiro ou zelador do condomínio pode se responsabilizar pela função e fazer inspeções periódicas, à procura de rachaduras, parafusos soltos ou peças mal encaixadas. “Hoje em dia, há normas de segurança em playgrounds que estabelecem uma série de obrigações com o parquinho. Não é uma lei, ainda. Mas já há projetos de lei. Se forem aprovados, aí, sim, ocorrerá a obrigação de uma inspeção anual”, afirma o diretor, lembrando que a própria empresa examina os brinquedos, quando acionada, e os troca no caso de estarem fora de condições.

A MK Play também fornece consultorias para a montagem dos parquinhos, indicando, por exemplo, a distância ideal entre um brinquedo e outro e a altura em que devem ser instalados. Borges aconselha, ainda, a colocação de placas de sinalização, para mostrar a idade ideal de utilização de cada espaço. Afinal, há os que são especialmente feitos para as crianças pequenas e os desenvolvidos para os grandinhos. “Isso evita acidentes, que os maiores machuquem os bebês, por exemplo”, afirma.

Outra opção para entreter os pequenos de forma segura durante o período de recesso é a realização de colônias de férias. Há empresas especializadas em organizar atividades para as crianças dentro de condomínios e clubes. Este ano, o Condomínio Nova Ipanema, na zona oeste, por exemplo, vai contar com uma colônia organizada pela SQA Esportes. A empresa já é responsável por promover escolinhas esportivas, como de futebol, futevôlei, natação e basquete, no Nova Ipanema e em condomínios de Laranjeiras. 

Durante o mês de janeiro, eles vão organizar atividades recreativas, esportivas e brincadeiras, nas áreas das quadras, no parquinho e nas piscinas. “Para os pais, é uma tranquilidade saber que os filhos estão próximos de casa e em um local seguro. Além disso, utilizamos espaços do condomínio que nem sempre estão ocupados e ainda promovemos a integração entre os moradores”, afirma Alexandre Tito, professor e coordenador de educação esportiva. A intenção da colônia de férias não é desenvolver técnicas, mas gastar energia e promover momentos de muita diversão.

Para integrar os pequenos moradores e deixar as crianças brincando sob a supervisão de adultos, investir em uma colônia de férias no período do verão pode ser uma boa opção. Mas se o síndico for precavido, isso nem é necessário. Manter as áreas de lazer sempre em bom estado, reforçar a segurança e contar com funcionários e guarda-vidas bem orientados e treinados é pré-requisito básico para tudo dar certo o ano inteiro. O período de verão promete ser de pura diversão!

 

Serviço

SQA Esportes
www.sqaesportes.com.br

 

Mk Play Brasil
Tels.: (21) 3117-0004/99076-4969
mkplaybrasil.com.br

Banner Sete Servic
Compartilhar:
Comentarios 0 Comentários

deixe seu comentário

posts relacionados

O projeto Reviver Centro e a revitalização do Rio

O projeto Reviver Centro e a revitalização do Rio

O projeto Reviver Centro, que pretende revitalizar o Centro do Rio, convertendo imóveis comerciais abandonados em empreendimentos residenciais, foi sancionado em 14 de julho pelo prefeito Eduardo Paes. A nova... Saiba mais!

Combos de inovação e soluções Cipa

Combos de inovação e soluções Cipa

A Cipa não para de trazer inovações e novas soluções para questões que envolvem os condomínios do Rio de Janeiro. A atuação da Cipa vai muito além de administrar... Saiba mais!

O cartão-postal dos condomínios

O cartão-postal dos condomínios

A piscina é a área de lazer mais cobiçada, por isso mesmo sua manutenção precisa estar em dia   Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir... Saiba mais!

Você sabe a importância de um consultor numa obra?

Você sabe a importância de um consultor numa obra?

Até mesmo os síndicos mais experientes se veem em situação complicada quando necessitam iniciar uma obra de grande porte. Isso porque um síndico, que não é especialista em obras,... Saiba mais!

Cadastre-se em nossa newsletter e receba todas as novidades do Grupo Cipa em seu e-mail.

Close Bitnami banner
Bitnami