Por CIPA
Em 30/05/2017
482 Views

As principais empresas do segmento de locação de espaços para armazenagem (“self storage”, em inglês) que atuam no Brasil tiveram, no primeiro trimestre, aumento da área locada e continuam a esperar crescimento no acumulado do ano, apesar do acirramento da crise política brasileira. No país, o mercado de “self storage” ainda é incipiente, e há potencial de expansão tanto pela demanda por parte de pessoas físicas quanto de empresas.

Fonte – Valor Econômico, Chiara Quintão

Cadastre-se no NOTICIPA