Por CIPA
Em 06/12/2019
50 Views

Bons ventos sopram para o mercado imobiliário da Serra Fluminense. Com cerca de 500 mil habitantes, a região, que é uma das mais procuradas por turistas, tem atraído também moradores fixos ou ocasionais por conta dos preços mais acessíveis que na área metropolitana, sem falar na segurança e qualidade de vida. Compradores de diversas localidades do Rio e da Baixada Fluminense estão entre os principais interessados.

Com essa procura, a tendência é de valorização dos imóveis. De janeiro a outubro de 2019, o valor médio do metro quadrado dos apartamentos subiu quase 3% em Teresópolis e Nova Friburgo. Já em Petrópolis, os preços se mantiveram praticamente estáveis, mas em bairros como Nogueira, considerado o mais charmoso da cidade, o metro quadrado subiu quase 2% no mesmo período, chegando a R$ 5.885.

Os preços mais elevados continuam sendo praticados em Petrópolis, onde o metro quadrado médio de venda de apartamentos, de R$ 5.673, é 9% mais caro que o de Teresópolis e 27% mais alto que o de Nova Friburgo. Os dados foram apurados pelo Centro de Pesquisa e Análise da Informação do Sindicato da Habitação do Rio (Secovi Rio).

 

FONTE: SECOVI RIO

Cadastre-se no NOTICIPA

:: C I P A - Condomínios, Locações, compra e venda de imóveis, seguros ::
  • Rua México, 41, 2º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ
  • +55 21 2196 5000

CIPA na Rede

Receba Notícias