Blog Condomínio

Blog

Blog

Como ser um inquilino legal!

Banner Revista

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.


Alugar um imóvel é uma decisão que deve levar em conta não apenas o valor da locação. É preciso pensar nos direitos e deveres, além de ter uma boa relação com proprietários ou mesmo imobiliárias. Essas atitudes evitam bastante dor de cabeça! Dessa forma, no artigo de hoje, saiba como não ser um inquilino que dá trabalho!

Boas práticas para bons inquilinos: veja as dicas

Se você pretende alugar uma residência ou imóvel comercial, é necessário conhecer as regras e ter um pouco de bom senso. Isso porque nem todas as práticas vão estar detalhadas no contrato. Então, continue a leitura e veja algumas dicas para não se tornar um inquilino chato!

Conheça a Lei do Inquilinato

A lei 8.245, também chamada de Lei do Inquilinato, dispõe sobre as regras de locação de imóveis urbanos. Assim, é essencial conhecer direitos e obrigações descritos. Lá, você vai descobrir, por exemplo, que é vedada a prática de locação em moeda estrangeira. Ela também estabelece uma multa rescisória proporcional caso o contrato seja desfeito antes do prazo acordado.

Leia o contrato

Saiba com o que você está se comprometendo! Leia todas as cláusulas do contrato antes de assinar. Em caso de desacordo de algum item, é importante debater com a outra parte. Depois disso, não há o que fazer para alterar, nem é possível alegar que não sabia de algo.

Faça uma vistoria detalhada

A hora da mudança é um momento de correria para os moradores. Isso porque é preciso lidar com transporte, caixas e organizações. Mesmo assim, é importante fazer uma boa vistoria antes de se instalar. Logo, você deixa registrado os danos que já existiam no imóvel e não entra em disputas desnecessárias no fim do contrato.

Pague em dia

Parece uma dica óbvia, mas ela é essencial! Ao fazer o pagamento em dia, você cria uma relação de confiança com o locador, o que vai influenciar positivamente na renovação do contrato. Além disso, a Lei do Inquilinato está mais rigorosa com inadimplentes.

Cuide do imóvel

Não é porque o imóvel não é seu que deve ser usado de qualquer forma, ok? Faz parte das obrigações do inquilino realizar a manutenção dele. Contudo, os consertos estruturais, que não vieram de mau uso, são de responsabilidade do proprietário. É preciso avisar rapidamente sempre que eles ocorrerem. Lembre-se que você vai devolver a propriedade nas mesmas condições de quando pegou as chaves!

Não faça obras sem autorização

De modo geral, todas as obras devem ser autorizadas pelo locador antes de serem realizadas, mesmo aquelas emergenciais. Há quem não autorize qualquer modificação. Outras  impedem até a colocação de pregos na parede. Por isso, antes de fechar negócio, é interessante perguntar como a pessoa se posiciona nesse tipo de assunto.

Ademais, o inquilino deve ter bom senso para não causar danos ao fixar quadros, prateleiras, ganchos de redes ou móveis. Evite fazer furos perto de canos e fiação elétrica e saiba se aquela parede suporta o que será colocado nela.

Tenha uma relação cordial com o proprietário ou imobiliária

Esse é um vínculo que pode se estender por vários anos, por isso, tenha uma relação respeitosa com proprietário ou imobiliária. A prática facilita a resolução de problemas e evita mal-entendidos. Ao entrar em contato, seja educado e explique de forma objetiva o motivo da ligação ou da mensagem. A não ser que seja emergência, faça tudo em horário comercial.

Conheça as regras do condomínio

Quem mora em edifícios ou em condomínios deve ter atenção às regras. Isso porque elas vão ditar a melhor forma do convívio comunitário e vão estipular multas quando há descumprimento das normas. Assim, para escapar de reclamações, saiba o horário permitido para festas e barulho e quais são as diretrizes para ter animais, por exemplo.

Bem estar e segurança
Compartilhar:
Comentarios 0 Comentários

deixe seu comentário

posts relacionados

É possível vender um imóvel com inquilino? Saiba mais

É possível vender um imóvel com inquilino? Saiba mais

Quer vender um imóvel, mas ele está alugado e você não sabe como proceder? Então leia este conteúdo e tire suas dúvidas sobre o tema.

Aluguel sem fiador: Entenda como a Cipa e a CredPago ajudam você a alugar sem fiador

Aluguel sem fiador: Entenda como a Cipa e a CredPago ajudam você a alugar sem fiador

As necessidades na hora da locação estão mudando. Hoje em dia, é essencial ofertar opções para alugar sem fiador. Veja o que a CIPA tem a oferecer!

Qual a importância de deixar tudo registrado entre inquilino e proprietário

Qual a importância de deixar tudo registrado entre inquilino e proprietário

Na locação, é essencial deixar tudo que foi acordado registrado em contrato. Isso resguarda todas as partes de seus direitos e deveres. Leia o texto!

Aluguel direto com o proprietário pode não ser a melhor opção. Entenda por quê

Aluguel direto com o proprietário pode não ser a melhor opção. Entenda por quê

Quem está em busca de um imóvel não quer ter dor de cabeça. Então, é melhor fugir do aluguel direto com o proprietário. Leia o texto e saiba mais!

Cadastre-se em nossa newsletter e receba todas as novidades do Grupo Cipa em seu e-mail.

Close Bitnami banner
Bitnami