Blog Condomínio

Blog

Blog

É melhor alugar apartamento mobiliado ou não? Saiba mais

Banner Revista

A mudança para um novo apartamento representa o início de um novo ciclo. Seja a saída da casa dos pais ou o começo da vida a dois, esse é sempre um momento repleto de expectativas. E mesmo que não seja a primeira vez, sempre surgem dúvidas que podem atrapalhar o processo, certo? É normal que o receio de tomar decisões erradas faça parte dessa fase. Um dos questionamentos mais comuns é sobre qual é a melhor escolha a se fazer entre apartamento mobiliado ou vazio.

Para orientar você sobre essa questão, desenvolvemos este conteúdo para apontar os benefícios de escolher um apartamento mobiliado. Descrevemos até mesmo as desvantagens que devem ser consideradas. Continue a leitura para conhecê-los!

Saiba quais são os pontos positivos de alugar um apartamento mobiliado

Como já citamos, trocar de casa pode ser desafiador. De acordo com o seu perfil, uma ou outra opção será a adequada, porém existem alguns pontos que devem ser avaliados. O apartamento mobiliado é uma saída para evitar contratempos em diversos aspectos. Um exemplo disso é o aluguel compartilhado. Se está pensando em morar com um amigo, talvez seja preferível contornar desentendimentos futuros com a decoração. Mas fique tranquilo! Selecionamos as principais características favoráveis a essa preferência.

1. Economia para o seu bolso e para a rotina

Para quem deseja economizar tempo e dinheiro, encontrar um imóvel já pronto para morar é o ideal. Com tudo já instalado, não é preciso perder suas preciosas horas visitando lojas de decoração, móveis e eletrodomésticos. Você pode dispensar a contratação de mão de obra para executar as instalações.

Também há de se considerar que cama, guarda-roupas, estantes, balcões, eletrodomésticos em geral, dentre outros, custam caro. Se a necessidade for repentina, é quase impossível arcar com todo esse investimento. Não há reserva financeira que dê conta! Nesses casos, selecionar um apartamento mobiliado é a saída mais prudente.

2. Agilidade na mudança

Ir para outro apartamento, por si só, já é um processo repleto de inseguranças. Por esse e outros motivos, é sempre bom descomplicar onde for possível. Lidar com uma grande mudança toda vez que ocorrer uma troca de casa pode ser um fardo. Ao preferir um apartamento mobiliado, evita desgastes com transportadoras e até danos aos seus bens. Quando precisar ir para um outro local, basta organizar seus itens pessoais.

3. Ideal para quem deseja morar no local por um curto período

O aluguel é uma ótima possibilidade para quem busca por flexibilidade. Imagine que você precisa morar, temporariamente, em outra cidade. O deslocamento é necessário para fazer um curso importante para a sua carreira e, assim que finalizá-lo, voltará ao seu lar. Sabendo que a nova residência é apenas provisória, não faz sentido optar por uma alternativa sem nada dentro.

Essa situação serve para ilustrar as facilidades de morar em um apartamento mobiliado. Além de simplificar no começo, ao terminar os estudos, fica mais fácil seguir seus planos e iniciar novos ciclos. Será possível, tranquilamente, devolver as chaves para o locador, sem nenhum tipo de preocupação com fretes.

Conheça as desvantagens de alugar um apartamento mobiliado

Nem tudo são flores quando o assunto é residir onde as coisas já estão ajustadas para receber o novo morador. É indispensável conhecer quais são os aspectos não tão legais de viver em um apartamento mobiliado para saber se é uma boa opção. Confira o que adicionar nessa lista.

1. Maior responsabilidade

Por contar com os pertences do proprietário, o cuidado deve ser redobrado. De acordo com a Lei do Inquilinato, o locatário deve entregar o apartamento como recebeu. E se cuidar do que é seu já dá trabalho, imagine zelar pelo que pertence a outra pessoa! Se algum eletrodoméstico estragar, será sua responsabilidade arcar com os custos do conserto. Em resumo, o inventário do apartamento mobiliado é maior e a vistoria é extremamente cautelosa.

2. Menos liberdade para personalizar os ambientes

Normalmente, os móveis que já estão no apartamento possuem pouca personalidade. Apesar de parecer uma oportunidade de inserir objetos decorativos com a sua cara, é uma situação que acaba limitando a customização. Isso ocorre porque nem tudo é possível modificar quando se é inquilino.

Até mesmo as pequenas intervenções, como pendurar quadros na parede, podem gerar grandes preocupações no futuro. As marcas da colocação não podem ficar aparentes e, na hora de devolver o imóvel, será preciso reparar. Esse é apenas um exemplo de situação que gera desconforto e investimento de tempo para arrumar tudo. Portanto, personalizar um apartamento mobiliado do seu jeito muitas vezes não vale a pena. Leia o artigo “Reformar apartamento alugado: o que você pode ou não fazer” se quiser entender mais.

3. Necessidade de reparos ou substituições

Além dos tópicos acima, há, inclusive, o fato de que outras pessoas já moraram no apartamento. Nem sempre você encontrará os móveis em perfeito estado, e isso ocorre por falta de cuidado ou até mesmo desgastes naturais. O imóvel pode ficar, por meses, vazio e algumas irregularidades podem aparecer. É por isso que, ao visitá-lo, é essencial prestar atenção em cada detalhe, observando os possíveis danos. Se, por fim, optar por alugar, lembre-se de registrar tudo no contrato.

Afinal, qual é a melhor opção?

Depende! Infelizmente, não há uma resposta certa para essa dúvida. De acordo com o seu momento de vida, o apartamento mobiliado é uma escolha coerente ou não. No artigo de hoje, elencamos diversos pontos para colocar na balança na hora de decidir. Leve-os em consideração e lembre-se que não é necessário passar por isso sozinho. No processo, uma imobiliária de confiança pode ser o seu braço direito e orientá-lo corretamente. Para conhecer mais sobre aluguel de imóveis, direitos e deveres de inquilinos e proprietários ou ter acesso a outras dicas, continue acompanhando nosso blog.

Banner Revista
Compartilhar:
Comentarios 0 Comentários

deixe seu comentário

posts relacionados

Reparo no imóvel: responsabilidade do proprietário ou do inquilino?

Reparo no imóvel: responsabilidade do proprietário ou do inquilino?

Definir de quem é a responsabilidade do reparo no imóvel alugado pode gerar confusão. Para entender o assunto e não ter mais dúvidas, leia este artigo!

É possível vender um imóvel com inquilino? Saiba mais

É possível vender um imóvel com inquilino? Saiba mais

Quer vender um imóvel, mas ele está alugado e você não sabe como proceder? Então leia este conteúdo e tire suas dúvidas sobre o tema.

Aluguel sem fiador: Entenda como a Cipa e a CredPago ajudam você a alugar sem fiador

Aluguel sem fiador: Entenda como a Cipa e a CredPago ajudam você a alugar sem fiador

As necessidades na hora da locação estão mudando. Hoje em dia, é essencial ofertar opções para alugar sem fiador. Veja o que a CIPA tem a oferecer!

Qual a importância de deixar tudo registrado entre inquilino e proprietário

Qual a importância de deixar tudo registrado entre inquilino e proprietário

Na locação, é essencial deixar tudo que foi acordado registrado em contrato. Isso resguarda todas as partes de seus direitos e deveres. Leia o texto!

Cadastre-se em nossa newsletter e receba todas as novidades do Grupo Cipa em seu e-mail.

Close Bitnami banner
Bitnami