Por CIPA
Em 21/08/2020
31 Views

Comprar ou alugar imóveis de forma 100% digital passou a ser uma realidade. Visitações virtuais, vídeos feitos com drones e plantas em 3D ajudam os compradores a escolherem os empreendimentos sem precisarem se deslocar. Além disso, a assinatura eletrônica permite finalizar a venda remotamente.

— O grande legado é a aceleração na adoção de ferramentas digitais, que já existiam, mas eram menos utilizadas. Foi muito mais por necessidade do que por escolha — afirma Claudio Hermolin, presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-RJ).

O mercado percebeu ainda uma mudança nos tipos de imóveis mais buscados, com a maior valorização de bens com espaço externo e a busca por escritórios em razão do home office.

 

Cadastre-se no NOTICIPA